Hoje, dia 15 de Março, o varejo comemora o Dia do Consumidor. Mais do que uma data para ativar promoções e ações para estimular suas vendas, é um bom momento para você refletir como está a relação com o seu consumidor.

Eles compram meu produto/marca por desejo ou pelo preço?

Aí está um ponto super importante! Se você faz todo o planejamento de marketing e ações da sua empresa voltado à “guerra dos preços”, é melhor repensar seus conceitos. Pesquisas mostram que o consumidor hoje em dia está muito mais seletivo e dando preferência a produtos ou marcas que o valorizam, interagem com ele e, acima de tudo, eles sentem desejo por elas. O aumento da concorrência entre os produtos/marcas fez com que os preços se equiparassem e o fator de “desempate” na cabeça do consumidor é a favor daquelas empresas que chegam até ele com a mensagem certa, no momento certo.

Você pode ter o produto com a melhor qualidade do seu mercado, porém, se a sua relação com seu cliente está fria, pautada apenas nos velhos discursos de “qualidade desde mil novecentos e tantos…”, a probabilidade de seu produto encalhar nos tempos atuais, meu caro, é enorme.

Vale muito o exemplo da Apple, que revolucionou o mercado de smartphones, mas mais do que isso, tornou seus produtos verdadeiros objetos de desejos de seus consumidores. Atualmente, grandes marcas aproximaram-se da Apple no quesito desejo, apenas adequando suas estratégias de marketing e apostando numa comunicação mais jovem, descolada e atual com seus consumidores. O melhor case é o da Samsung, que deixou pra trás o discurso tecnológico e tecnicamente chato, onde apenas ressaltava a qualidade de seus aparelhos, para apostar em ações de marketing esportivo, forte presença em redes sociais e shows, por exemplo. A aposta parece estar dando certo e prova disso é que a empresa é líder em vendas de smartphone no Brasil, com 46% de  market share (dados da Consultoria Conterpoint Reserach), aumentando em 6% suas vendas em relação a 2016. A partir do momento que a Samsung mudou seu relacionamento com o consumidor, suas vendas não apenas subiram, mas sua marca se consolidou e tornou-se cada vez mais desejada no difícil e disputado mercado de smartphones.

Aproveite o Dia do Consumidor e reflita, afinal, se você deseja tanto que ele consuma seu produto/marca, é bom você se tornar um produto/marca de desejo para ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *